Notícias

Shurastey or Shuraigow – De Utopia a Realidade

Shurastey or Shuraigow
Foto: Créditos Shurastey or Shuraigow / Youtube

Quem foi Jesse?

Jesse Koz nascido em Curitiba PR, saiu de casa muito novo com apenas 17 anos, foi morar em Balneário Camburiú e lá, como já foi mencionado trabalhava com vendas de roupas e calçados no shopping, mas ao longo do tempo surgiu em seu coração um sonho, uma mudança de vida, certo dia Jesse estava cumprindo seu dever, seu trabalho, mas esse dia seria o pontapé inicial para uma extraordinária viagem! 

VEJA TAMBÉM:

Como tudo começou?

Shurastey or Shuraigow no Grand Canyon
Foto: Créditos Shurastey or Shuraigow / Youtube

O shopping estava lotado, havia algum tipo de convenção na cidade, vários estrangeiros, Jesse por sua vez não conseguiu vender nada, acabou se sentindo mal, uma crise de pânico ou ansiedade. Então ele saiu do shopping para se restabelecer, tomar um ar. 

Diante dessa situação aguçava mais ainda sua vontade de mudar o rumo da sua vida. No dia em que o nosso protagonista comprou o Fusca 1978 em 2017, o Dodongo (batizado assim por Jesse fazendo referência a uma série; Legend of Zelda, no qual fazia parte da sua juventude).

Aconteceu que ao buscar o carro em outra cidade ele chegou duas horas atrasado no trabalho, seu chefe então o dispensou e ele não conseguiu trabalhar naquele dia, resolveu então pegar seu cachorro e ir para praia, lá ele refletiu e viu que a vida que ele estava vivendo não era a vida que ele queria. 

Após 10 dias pediu demissão do emprego, decidiu vender tudo e dar início a essa fabulosa viagem! Então Jesse vendeu tudo o que tinha (moto, videogame, TV, e Microondas) e isso resultou em 10 mil reais, comprou uma caixa térmica, um colchonete, água, saco de dormir, uma barraca e produtos de higiene, após isso pegou seu Fusca e seu cachorro e iniciou a sua viagem pela América do Sul.

A jornada

Shurastey or Shuraigow no Alaska
Foto: Créditos Shurastey or Shuraigow / Youtube

Então Jesse criou a página “Shurastey or Shuraigow” (Devo ficar ou devo ir?) em uma rede social na internet que repercutiu, teve até reportagem de TV. Muitos diziam que era loucura, e que o Fusca 78 não chegaria nem a Florianópolis, que fica a menos de 100 Km de Balneário.

Mas para surpresa de todos eles percorreram vários Estados Brasileiros até ultrapassar a fronteira do Brasil, visitando a Bolívia, Uruguai, Chile, Peru, Colômbia e México, e por fim os EUA. 

Mas não pensem que foi fácil, vários problemas aconteceram com o Fusca, incontáveis as vezes que o carro quebrou. Deu problema na bobina diversas vezes, bomba de gasolina, velas, caixa de marcha, coluna de direção, dentre outros. 

O motor fundiu no mínimo umas duas vezes nessa peregrinação. Jesse aprendeu obrigatoriamente a mexer no carro, ele mesmo na maioria das vezes descia o motor, desmontava, solucionava os problemas, montava o motor novamente e seguia sua viagem. 

Sua saga foi temporariamente interrompida pela triste pandemia mundial, ele estava no México, e lá realizava uma restauração completa do Dodongo. 

A reforma do carro

 Shurastey or Shuraigow a reforma
Foto: Créditos Shurastey or Shuraigow / Youtube

Fez toda funilaria do veículo que se encontrava em péssimas condições “muito podre”, o carro estava tomado de ferrugem e foi completamente desmontado, foi trocada a lateral esquerda completa; portas, até o teto do carro foi removido e trocado por outro, foi substituído também o assoalho, as rodas, revisão de motor, parte elétrica e suspensão. 

Nesse tempo, Jesse morou dentro da oficina, e ajeitaram um quartinho bem pequeno por lá, e ele colocava a “mão na massa” e ajudava nos serviços do Fusca.

Mas o que Jesse não previa era que a pandemia fosse durar tanto tempo, e com isso ele acabou voltando para o Brasil de avião junto com o seu cão Shurastey. Deixou o carro guardado no México pois a fronteira com os EUA estava fechada sem previsão de abrir.

Voltando ao Brasil resolveu comprar uma Kombi, batizada de Bulma, fez várias melhorias nela, fazendo dela um Motorhome, e continuou sua trajetória pelo País. Suas páginas de várias redes sociais já deram um bom resultado financeiro. Jesse vendia adesivos, bonés, camisetas, entre outros. Recebia ajuda via Pix de seus seguidores. 

Assim conseguiu se manter e continuar seu projeto dessa fascinante e aventureira viagem. Após mais de 1 ano no Brasil, Jesse recebe a notícia que a fronteira do México com os EUA iria abrir novamente, e ele assim conseguiria continuar sua viagem internacional na qual se daria o fim no Alaska. 

Pós pandemia

Então ele fez uma rifa da sua Kombi Bulma para levantar uma grana, entregou para a ganhadora Regina Moraes e se preparou para seguir rumo ao México. Retornaram então Jesse e Shurastey de avião para buscar Dodongo, o Fusca, e então continuar a aventura. 

No México deram os últimos ajustes no Fusca e mais uma boa revisão, afinal, foi mais de 1 ano parado, e por fim a viagem continuou. 

Alguns bons quilômetros depois, com muita emoção e entusiasmo, Jesse, com lágrimas nos olhos, passa na fronteira dos EUA ao som de Raça Negra, e percorre então ao Texas, rumo a Houston. 

A viagem pela America

Shurastey or Shuraigow nos EUA
Foto: Créditos Shurastey or Shuraigow / Youtube

Não necessariamente nessa ordem, Jesse, Shurastey e Dodongo, visitaram acampamentos de Motorhome Americanos, cenário de filmes e séries, onde foram gravados; Show de Truman e The Walking Dead, foi nos parques da Universal Studios, Disney, visitou Miami, Key West, Atlanta e Washington, parou o Fusca em frente a Casa Branca. Em Nova York também estacionou o carro por lá, e tirou várias fotos. 

Surreal, um Fusca com placa do Brasil em plena Time Square! Nos EUA, Jesse também fez uma visita na casa de Rubens Barrichello, onde o mesmo deu uma volta no Dodongo. 

Visitou as Cataratas do Niágara e Grand Canyon. Fez também a emblemática Rota 66 até o fim. Entrou com seu Fusca no Pier de Santa Mônica, em Los Angeles, e então continuou sua viagem até o Alaska.

O fim da jornada

Shurastey or Shuraigow  o acidente

Essa aventura fenomenal e fascinante infelizmente teve um final trágico, impactante! No dia 23 de Maio de 2022 em uma estrada no Estado de Oregon ao tentar desviar de um engarrafamento Jesse sofre um gravíssimo acidente, colidindo com um veículo Ford Escape, levando a óbito Jesse com apenas 29 anos, o cachorro da raça Golden Retriever Shurastey e perda total no Dodongo, o Fusca 78. 

Fans e seguidores comovidos com a lástima perda promoveram uma vaquinha e em poucas horas arrecadaram aproximadamente 120 mil reais para o traslado dos corpos do influenciador digital e seu amado cão. Houve nas redes sociais muita tristeza, muita comoção e um pedido, que essa história se transforme em um filme.

Prestamos aqui então nossas sinceras condolências, e é com imenso pesar que encerramos por aqui essa emocionante história. Sabemos que essa viagem continua em outro plano, em outra dimensão. Jesse e Shurastey ganharam asas. Que eles estejam felizes aonde eles estiverem. Obrigado!

Autor:

Você pode gostar

Os comentários estão fechados.

Mais em:Notícias