Notícias

Carros no fundo do oceano: cargueiro pega fogo e mais de 4.000 carros afundam no mar

Carros no fundo do oceano
Foto: [Marinha Portuguesa]

Augusto de Souza – 20h49 – Publicado 19/03/2023 – Atualizado 24/03/223

De acordo com a Reuters, The New York Times, BBC e outros meios de comunicação estrangeiros, noticiaram no dia 2 de março de 2022, que na manhã do dia 1 hora local, um cargueiro transportando cerca de 4.000 carros de luxo do Grupo Volkswagen pegou fogo e afundou perto dos Açores portugueses, quase duas semanas mais tarde. 

1100 Porsches, 189 Bentleys! afundando

cargueiro pega fogo e mais de 4.000 carros afundam no mar
Foto: [Marinha Portuguesa]

De acordo com a empresa de gerenciamento de navios MOL, o cargueiro chamado Felicity Ace afundou após inclinar para estibordo por volta das 9h do dia 1º, e cerca de 4.000 carros (incluindo mais de 1.100 Porsches e 189 Bentleys) afundaram no mar.

VEJA MAIS:

Em 16 de fevereiro, seis dias após o cargueiro partir de Emden, na Alemanha, para o porto de Davisville, Rhode Island, EUA, ocorreu um incêndio no porão de carga. 

Os 22 tripulantes a bordo foram resgatados por navios mercantes próximos e um helicóptero, e ninguém ficou ferido durante a evacuação. A MOL Ship Management não informou a causa do incêndio.

Veja como foi o resgate dos 22 tripulantes do navio:

Mas Felicity Ace, com cerca de 200 metros de comprimento, ficou queimando, soltando fumaça e flutuando no Oceano Atlântico até afundar. As autoridades fizeram vários esforços para extinguir o incêndio e avaliar os danos à embarcação.

O resgate do cargueiro falhou e lançou vários carros no fundo do oceano

carros no fundo do oceano: navio que pegou fogo
Foto: [Marinha Portuguesa]

A Marinha Portuguesa informou em 25 de janeiro de 2022 que uma equipe de especialistas havia chegado de helicóptero no dia anterior. 

A MOL Ship Management informou que um rebocador de salvamento marinho iniciou o reboque do Felicity Ace para uma “área mais segura” nos Açores Portugueses. A Marinha Portuguesa noticiou na época: 

“O navio parecia estável, não havia incêndios externos ou internos e não havia fumaça na estrutura, apesar da alta temperatura no centro”.

Mas a marinha portuguesa disse que o navio “perdeu a estabilidade e afundou” quando foi rebocado em uma manhã de segunda-feira.

João Mendes Cabecas, capitão do porto mais próximo da ilha do Faial, disse que não houve registos de derrames de petróleo, mas a profundidade do fundo do oceano Atlântico na zona onde o navio naufragou é de cerca de 3.500 metros.

Carros no fundo do oceano

carros no fundo do oceano: navio que pegou fogo
Foto: [Marinha Portuguesa]

A Bentley confirmou que 189 Bentleys estavam a bordo, enquanto a Porsche disse que 1.100 Porsches estavam a bordo, com certeza entre eles estavam alguns dos carros mais caros do mundo.

Leia mais: Como foi a restauração da Land Rover Defender de Bob Marley

Os danos aos carros no fundo do oceano foram cobertos pelo seguro, que custou cerca de US$ 155 milhões, disse a Volkswagen.

Augusto de Souza
Augusto de Souza: Ex funcionário do Grupo Fiat, hoje profissional da área de marketing digital, focado em estratégias de SEO, redator e apaixonado por carros. Frequenta eventos automobilísticos e estuda muito o mercado de automóveis. Adora escrever para o blog periodicamente trazendo tudo o que há de interessante no mundo automotivo para agregar aos leitores.

    Você pode gostar

    Os comentários estão fechados.

    Mais em:Notícias