Notícias

Quais são os carros usados que mais desvalorizam no Brasil?

carros usados que mais desvalorizam no Brasil: Kia Cerato
Foto: Fonte / Divulgação Kia

25 de janeiro de 2023

Por isso, se você está procurando um carro usado, é essencial pesquisar antes de comprar para saber quais são os carros que desvalorizam mais rapidamente e como isso pode afetar seu orçamento. 

Neste artigo, vamos discutir quais são os carros usados que mais desvalorizam no Brasil, assim você pode tomar uma decisão informada e consciente.

Taxa de desvalorização

carros usados que mais desvalorizam: Rav 4
Foto: Fonte / Auto Esporte

A taxa de desvalorização é a quantidade de valor que um carro usado perde com o tempo, portanto, é importante avaliar essa taxa antes de investir em um carro usado. 

Isso é especialmente importante no Brasil, já que muitos carros usados desvalorizam rapidamente devido a fatores como a qualidade dos materiais e as taxas de depreciação desses veículos.

VEJA TAMBÉM:

Taxas de depreciação dos carros usados

A depreciação dos carros usados é a quantidade que o carro perde em valor entre o momento da compra e o da revenda. 

Essa taxa depende de diversos fatores, como a marca e o modelo do carro, os materiais utilizados para a sua construção, as revisões efetuadas e a manutenção. 

Por essa razão, é importante escolher cuidadosamente o carro certo para o seu orçamento.

Carros usados que mais desvalorizam mais no Brasil

Palio
Foto: Fonte / Car Blog

Muitos brasileiros preferem comprar carros usados por seus baixos custos iniciais, mas é importante considerar que alguns carros sofrem mais taxas de desvalorização do que outros. 

Por exemplo, os carros Fiat Uno e Fiat Palio são conhecidos por seus baixos custos iniciais, mas a taxa de desvalorização é muito alta devido às revisões periódicas necessárias e às baixas taxas de manutenção. 

No entanto, há carros que desvalorizam menos, como o Volkswagen Gol, que mantém seu valor por muitos anos, embora tenha custos mais altos no momento da compra.

Carros elétricos

Os carros elétricos são uma boa opção para quem procura um carro usado com baixa desvalorização, uma vez que se mantêm estáveis em seus preços e oferecem economia de combustível significativa em relação aos carros a combustão convencionais. 

Além disso, eles têm menos custos de manutenção do que os seus concorrentes, tornando-os excelentes opções para quem procura economia.

Leia mais: Porque a única fábrica de carros “100%” brasileira faliu?

Quais são os melhores carros usados que menos desvalorizam?

carros usados que mais desvalorizam : Celta
Foto: Fonte / Auto Mais

O melhor carro usado para se obter baixa desvalorização é o Ford Focus, que oferece alto nível de conforto, segurança e economia. 

O modelo também visita menos o mecânico e desvaloriza muito menos do que seus concorrentes. 

Outra boa opção é o Chevrolet Celta, que oferece baixos custos de manutenção e um motor moderno que é sobretudo econômico no consumo de combustível.

É importante pesquisar os carros usados que mais desvalorizam no Brasil para se obter maior economia no momento da compra. 

Como vimos, alguns carros a combustão convencionais, como o Fiat Uno e o Palio, desvalorizam rapidamente devido às altas taxas de manutenção e necessidade de revisões periódicas. 

No entanto, também vimos que os carros elétricos são excelentes opções para quem procura economia, principalmente na hora de abastecer.

Conclusão

Portanto, avalie suas opções de carro usado com base nestas informações e na sua própria agenda financeira antes de tomar qualquer decisão.

Além dos veículos citados acima, veja alguns modelos abaixo que é melhor passar longe na hora da compra:

Autor:

Augusto de Souza
Augusto de Souza: Ex funcionário do Grupo Fiat, hoje profissional da área de marketing digital, focado em estratégias de SEO, redator e apaixonado por carros. Frequenta eventos automobilísticos e estuda muito o mercado de automóveis. Adora escrever para o blog periodicamente trazendo tudo o que há de interessante no mundo automotivo para agregar aos leitores.

    Você pode gostar

    Os comentários estão fechados.

    Mais em:Notícias